Buscar
  • Pastoral dos Migrantes

CICLO DE DEBATES: NARRATIAS E MEMÓRIAS DE MIGRANTES DE CANUDOS/BA


COM: João Evangelista Regis (UPIC), José Alonso Ferreira dos Santos (UPIC) e Zezinha (Josefa Cardoso, residente de Canudos), Música: Roberval Freire (SPM)


Data: 29/set/20, 15h.

Organização: Grupo de Estudo e Pesquisa em História Oral e Memória (GEPHOM/USP), União pelos Ideais de Canudos (UPIC), Serviço Pastoral do Migrante (SPM), Centro de Estudos Migratórios (CEM/MISSÃO PAZ).

Resumo: Arraial formado por sertanejos em busca de um local para viver e trabalhar com dignidade, Canudos, no sertão baiano, desde 1896 sofreu ataques sangrentos do Estado brasileiro, de suas elites e setores da Igreja sob o pretexto de que o monárquico arraial ameaçava a então nascente República brasileira. Resistindo com criatividade, Canudos só tombou diante da quarta expedição militar. Porém, seus sobreviventes jamais se deram por vencidos. Suas trajetórias, lutas e memórias permanecem vivas nos corpos e na cultura de seus descendentes. Como parte das atividades comemorativas ao Dia mundial do migrante e do refugiado (27/09) e celebrando as suas próprias memórias, eles nos falarão sobre a Canudos que resistiu à guerra; a construção da nova Canudos; como vivem os migrantes canudenses em São Paulo e sua relação com a UPIC – União pelos ideais de Canudos. Em síntese, falarão sobre aspectos importantes para a compreensão mais profunda da história brasileira.

1 visualização

Rua Caiambé, 126 

Vila Monumento - São Paulo

Ligue:

(11) 2063-7064

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • Branca Ícone Instagram

© 2019 por Serviço Pastoral dos Migrantes. Orgulhosamente criado com Wix.com